Através da compreensão da teoria do esquema de cores é possível a seleção de cores alternativas para seu trabalho, levando em consideração como essas cores se relacionam e o efeito que elas geram nos usuários. As cores são capazes de alterar o contexto de uma interface. A percepção das cores muda conforme o material em que ela esta inserida, sua intensidade, a luz que a ilumina, cores adjacentes, etc. 

Os principais tipos de esquemas de cores são: monocromático, análogo, complementar, triádico e tetrádicos. Em projetos digitais é bem comum o uso de cores complementares pois, as cores opostas no círculo cromático juntas produzem um forte efeito de contrastante que é indispensável para a usabilidade das interfaces. E faz, por exemplo, um botão ser percebido ou não pelo usuário. A combinações triádicas e tetrádicas também funcionam bem e estão em alta junto com tendências como flat design.

Outro fator que não poderia ficar de fora é a acessibilidade. Algumas pessoas possuem dificuldade de percepção de cores, como daltônicos. Para que essas pessoas tenham uma boa experiência em sua aplicação mais uma vez o contraste das cores se mostra importante. Pense por exemplo, por quê as boias salva-vidas são laranjas? Porque laranja e azul são cores complementares. 

De uma forma bem sucinta podemos dizer que para a boa usabilidade da interface de um site precisamos definir uma palheta cores complementares e atribuir estas cores ao propósito dos elementos. Por exemplo, a cor principal, correspondente a cor predominante do logotipo, será utiliza em títulos, botões ou elementos que precisam de destaque. As cores secundárias, com a função de criar contraste com a principal, serão utilizadas para itens da interface, seja para fundos de elementos primárias ou outros elementos que precisem da atenção do usuário. E por fim a cor de base, normalmente tons preto, cinza e branco com alguma variação de contraste da cor principal. 

Existem ferramentas que ajudam a elaborar a palheta de cores, uma delas é o Adobe Color CC. Basta colocar a cor principal da sua marca e ver quais as palhetas (complementares, please) que geram o melhor resultado para ser usado em seu projeto.